Curiosidades – Garotos do Futuro – Por Luiz Almeida

Categoria - Curiosidades

Reativando o blog: Um ano parado. O que aconteceu?

27 de julho de 2020

Fala, meus queridos?! 😊

Não sei se você é daqueles que deram falta, mas o Garotos do Futuro ficou fora do ar por mais de um ano, no período de Dezembro/2018 à Junho/2020. Pois é, muita coisa aconteceu durante esse tempo. Por exemplo, dei um “stop” na graduação de Língua Inglesa, comecei a cursar Jornalismo, me formei no curso técnico de Rádio e TV, trabalhei em eventos, comecei a trabalhar numa emissora de TV e conheci muita gente. 😮😮

O blog ficou desativado porque eu não estava conseguindo arcar com a hospedagem e também não estava mais produzindo conteúdo. Ou seja, não adiantava eu permanecer com um projeto que eu não estava me doando. Por isso, deixei de pagar a hospedagem e ele foi desativado. Mas Graças a Deus lá no fim do túnel existia um “back up” e agora consegui obtê-lo de volta. Valeu, Tifli!

Vamos fazer uma pequena retrospectiva

De 2015 à 2018 eu escrevi alguns posts e também gravei vídeos pro YouTube sobre alguns eventos que tinha participado. Pra quem me conhece há um tempo, sabe que mesmo antes de escolher ser jornalista eu sempre tive vontade de criar um blog pra me desenvolver, fazer networking e de fato, fazê-lo crescer.

Apesar da boa vontade e dos sonhos de um jovem adolescente (eu) na época, acredito que tinha dois obstáculos que me impediam de ir em frente: Estratégias e Maturidade.

Por muito tempo, vejo que isso me deixou paralisado. A falta de planejamento do que produzir, só pensar em construir algo quando tivesse equipamentos profissionais, escrita não muito boa… foram motivos que embora fizessem sentido, naquele momento eu não tive maturidade o suficiente pra entender que eu poderia melhorar a medida que eu fosse praticando.

…Eu tinha um blog com uma estrutura incrível, mas e o conteúdo?

– Não tinha.

Novos começos

Resumindo, quero agradecer a todos que me acompanham, gostam do meu trabalho e torcem por mim. Anuncio o RETORNO do blog Garotos do Futuro! Ainda estou atualizando algumas informações, e aos poucos os conteúdos vão aparecendo. 🤩🎉

Até que a quarentena não foi tão ruim assim, né? Com ela, muita gente teve tempo de fazer coisas que nunca tinham conseguido, colocar um projeto que estava guardado na gaveta em prática ou até mesmo retomar algum: como eu.

Agora, eu gostaria de externar minha gratidão a Deus pelas oportunidades que tive durante esse período em “off” e que proporcionaram crescimento pessoal e profissional para que eu pudesse retornar com o GF e também à Tifli Tecnologia , que me deu todo o suporte durante o processo de criação do site lá em 2015 (e já são quase 5 anos). Sou muito babão pelo layout desse bebezinho haha.

No mais, muito obrigado à você que chegou até aqui e partiu colocar a mão na massa! Abraços virtuais. 😊🙌💓

**Para envio de sugestões de pauta: contato@garotosdofuturo.com.br ou se quiser falar comigo basta enviar e-mail para luiz@garotosdofuturo.com.br / @oluizalmeida no Insta




0

Forest Runner 5km – Minha primeira corrida de rua

26 de novembro de 2018

Heeeeey, galerinhaaaaa! Tudo bem com vocês? Comigo está tudo bem gracas a Deus. 🤗

Nessa manhã de Domingo (25), tive a minha primeira experiência em corrida de rua ao participar da Forest Runner 2018, uma corrida de rua e de conscientização ambiental que visa ajudar no reflorestamento da amazônia. Ufaa! Ainda tô me recuperando haha 😅, porque nem eu mesmo acredito que eu dei uma volta bem grande numa parte de manaus (correndo) 🏃🏃‍. Confesso que como eu relatei nos stories do meu instagram, eu esperava que fosse ser super legal e foi mesmo, mas eu fiquei com muita vergonha inicialmente por nunca ter participado de algo assim antes. A esteira de academia não chega nem perto disso, mas mesmo assim me surpreendi comigo mesmo.

FOREST RUNNER 2018

FOREST RUNNER 2018

No kit que foi dado aos participantes, nós recebemos o número de peito; um chip de cronometragem (que eu não consegui entender muito o motivo de usarmos ele, mas coloquei no meu tênis de forma correta como explicava no adesivo do chip); alguns folders de patrocinadores e de instruções do evento; uma sementinha e uma sacola de lixo da Eco Forte. Logo que cheguei precisei fazer alguns ajustes no meu traje, pois como eu disse pra vocês, eu não tinha entendido algumas coisas do chip, eu precisei me informar lá e coloquei no meu tênis. Ah, e outra coisa que eu achei super legal foi que os banheiros do Manauara Shopping que ficam próximos da entrada estavam liberados aos participantes. Super necessário! 😊

A largada ocorreu por volta das 07h05min e com isso a corrida foi começando de verdade. Eu estava na parte do meio da concentração, porém na minha frente tinha muuuuuuita gente e atrás uma outra grande parcela dessas muuuuuuitas pessoas também. Começamos em frente ao shopping e corremos o restante da Av. Umberto Calderaro (antiga Paraíba), passamos em baixo de um viaduto e seguimos até o CSU do Parque 10. Chegando lá, pegamos a parte da esquerda para correr e fomos em direção ao outro viaduto em frente ao Detran, que estava bem mais lá na frente. O “top”, kkk foi que eu não parei em nenhum instante até chegar na subida do viaduto. PelamordiDeus, né galera? Ali eu já estava merecendo uma paradinha, mas logo depois segui correndo novamente e só parei um pouco depois novamente. Em seguida, passei pelo 28 de Agosto e corri sem parar até a chegada.

FOREST RUNNER 2018

Eu e a Jackie ;)

Eu e a Jackie 😉

Meu “time” foi 37 minutos e 40 segundos. Gente, eu nem consegui acreditar nisso. Passou tão rapidinho que eu nem senti. Além disso, como a Forest Runner também estava promovendo corrida de 10km, ainda tinha bastante gente continuando no percurso para dar mais uma voltinha marota e completar os 10 km. Deixo aqui os meus sinceros agradecimentos à Jackie Remigio por ter me dado a oportunidade de participar da corrida e também à toda equipe do evento pela 1ª edição da Forest Runner (2018). A primeira edição foi demais e já fico no aguardo da FR 2019. Um grande abraço a todos e vamos lá reflorestar a Amazônia, people!!!




0

Meu curso de Rádio, TV e Internet

6 de agosto de 2018

Hey, guys? Como vocês estão? 😎

Acho que muitos de vocês devem ter vindo aqui no blog pelo intermédio do insta ou do Facebook mesmo, né? É que eu tenho visto um crescimento surreal ultimamente nas minhas redes sociais. Muito obrigado mesmo! <3

Enfim… já não é surpresa pra vocês que eu sou apaixonado pelo mundo da comunicação, né não? VERDADEEEEEEE 💝💝💝

No início deste ano eu mal sabia #RealOficial o que eu faria depois de ter concluído o Ensino Médio, pelo fato de alguns resultados em vestibulares não terem sido favoráveis e outros ainda não tinham sido divulgados. Foi então, que apareceu o Enem/Sisu e eu fui aprovado em Letras – Língua e Literatura como mencionei no último post. Porém, as coisas foram acontecendo e eu me matriculei na graduação e logo depois me matriculei no curso de Rádio e TV da Fundação Rede Amazônica (FRAM).

Pra quem já conhece ou já deve ter visto o comercial na TV, a Fundação trabalha há 35 anos promovendo cursos de áreas variadas voltados para o desenvolvimento da amazônia. Com isso, mesmo diante de não ter ido para o Jornalismo e nem para a Publicidade nesse primeiro momento eu topei iniciar o curso pra ver no que pode dar. O curso é dividido em 5 módulos, das quais os 3 primeiros são de disciplinas teóricas e práticas para toda a turma e os 2 últimos são de áreas específicas como: Locução/Apresentação, Cinegrafia e Edição de Vídeo. Ah, e ainda temos que cumprir um estágio obrigatório ao final dos 14 meses, totalizando 18 meses (Curso+Estágio).

Agora, com aproximadamente 7 meses de fundação posso dizer que o curso é incrível. A instituição é incrível. As pessoas são incríveis. Não poderia ter ficado em uma turma melhor. Já fiz tantos amigos, que desejo levar todos eles pra minha vida toda. haha Mas, peraí “cai entre nós” que vez ou outra a gente desanima, a aula não tá tão legal. Isso é fato. Quem é estudante às vezes fica saturado de tanta informação. Normal, galera! Todo mundo passa por isso um dia.

Desde Fevereiro já participamos de muitas atividades e cada vez mais os desafios vão surgindo. Isso sim, é bom demais! Eu lembro que na primeira semana do curso, percebi que as pessoas conversavam muito e gostavam de papear mesmo que em seus grupinhos, porque antes na minha escola quem gostava mais dessas coisas era eu e outras poucas pessoas. Mas, quando cheguei na fundação fomos conhecendo cada um e vendo o que realmente queríamos para as nossas vidas, já que tínhamos escolhido um curso de um ramo em comum. E, gente do céu. É um mistura muito louca. Alguns já são formados em Jornalismo ou áreas afins, outros estão cursando, muitos trabalham em outras áreas e uma outra parte deseja cursar no futuro. Daí, a gente já pode ver que nossa turma tem muito a crescer. rsrsr

Mesmo que nós ainda estejamos caminhando para as disciplinas mais práticas, já conseguimos absorver muita coisa. Já foi tanta aula, tanto professor, tanta confraternização que eu nem sequer lembro de todos. kkkk 😂 De qualquer forma, recomendo muito quem tiver interesse em fazer o curso porquê vale muito a pena. Nesse ano, eles começaram a dar uma nova roupagem à fundação e muita coisa vem mudando, inclusive alguns professores que são profissionais da área vêm ministrar aula . É muito legal, porque a gente já vai começando a viver a profissão na pele ou melhor no “fogo” (literalmente). kkk 😂😂

Eu digo que só Deus sabe da minha vida daqui pra frente, mas enquanto eu estiver na direção dEle tudo que for da vontade dEle será 🙏. Lembro que quando eu era pequeno, não sabia exatamente o que eu queria ser quando crescer (dizeres tradicionais) . Na verdade, sempre falava que queria ser médico. No entanto, quando fui crescendo esse desejo nunca apareceu e só fui descobrindo a área da comunicação aos poucos e fui gostando ainda mais. <3 Por hoje é isso, guys! Fiquem de olho nas Redes Sociais que vem novidade.

 

 

Hoje também foi dia de práticas 💕😍 #RDTV #FRAM

Uma publicação compartilhada por Luiz Henrique Almeida (@oluizalmeida) em




0

Testei a máscara Black Head

12 de janeiro de 2018

Hey guys, vocês certamente já ouviram em falar nessa máscara preta, a BLACK HEAD, que ajuda na remoção de cravos no rosto. Pois é, eu achei uma promoção bem bacana e resolvi comprar para poder testar e mostrar para vocês o resultado.

black head

 

O vídeo completo do teste está no YouTube e você pode ir lá clicando aqui ou assistindo abaixo: 🙂




0